As telinhas são super populares entre as crianças e isso não é novidade, mas é na televisão que temos mais controle sobre o que a criança vai assistir e/ou consumir. Quando falamos de tablet, celular e dispositivos com acesso à internet, é preciso estar atento a duas coisas: conteúdo e tempo de exposição da criança.

Quando há uma disponibilidade de conteúdo tão grande na internet, há uma maior necessidade de filtrar o que é consumido pelas crianças. O acesso é fácil e não é preciso muito tempo na internet para encontrar conteúdos inapropriados para crianças. Muitos destes conteúdos estão linkados a vídeos do YouTube para crianças, por exemplo. Por isso, o cuidado deve ser redobrado quando crianças têm contato com celular e acesso à internet.

Além da grande quantidade de conteúdo, o próprio celular também é uma ferramenta que precisa de atenção quando está nas mãos das crianças. Os devices vêm com uma série de facilidades como compartilhamento de localização, compras online e etc que podem ser perigosos quando utilizados por crianças.

YouTube

Slimes, historinhas, desafios e jogos são os tipos de vídeos que crianças adoram assistir. Mas nem todos os youtubers que fazem slime são infantis, e vídeos do mesmo youtuber podem não ser apropriados para crianças, ou ainda pode acontecer de um vídeo violento aparecer nos sugeridos.

Para que isso não aconteça e a criança fique mais protegida, configure o seu perfil no YouTube para “Modo Restrito” tanto no celular quando no computador.

Ilustração de como configurar o YouTube para crianças ativando o Modo Restrito em celulares e tablets iOS Apple iPhone iPad
Configuração do YouTube num dispositivo iOS
Ilustração de como configurar o YouTube para crianças ativando o Modo Restrito em celulares e tablets Android
Configuração do YouTube num dispositivo Android
Ilustração de como configurar o YouTube para crianças ativando o Modo Restrito pelo computador
Configuração do YouTube pelo computador

Obs:. Se o ‘Modo Restrito’ for ativado somente no celular, ficará desativado no computador. É necessário configurar nos dois separadamente.

IMPORTANTE: apesar do YouTube oferecer essa facilidade, reiteramos isso não substitui a atenção que você deve ter com o conteúdo que a criança consome!

Apple

Assim como os vídeos no YouTube, nem tudo o que está nas lojas de aplicativos e na internet é seguro e apropriado para crianças. Para oferecer mais proteção às crianças, a Apple disponibiliza uma série de opções de restrição de conteúdo e privacidade para aplicativos e sites.

Se a criança utiliza iPhone ou iPad, você pode limitar o tempo de uso de todos os apps ou apenas alguns, e até proibir acesso:

Ilustração de como configurar e limitar o tempo de uso em dispositivos Apple
Limitar o tempo de uso em dispositivos Apple

Também é possível bloquear com senha algumas ações, como instalar e apagar apps e fazer compras dentro dos aplicativos, por exemplo:

Bloquear ações com senha em dispositivos Apple

Aqui, você tem como Permitir ou não as ações Instalar Apps, Apagar Apps e Compras Dentro de Apps, e a opção de Sempre Exigir Senha ou Não Exigir.

Ainda em Conteúdo e Privacidade, você pode configurar em Restrições de Conteúdo o país, colocar Músicas, Podcasts, Notícias e Livros como Apropriado ou Explícito; permitir faixa etária ou não permitir Filmes e Programas de TV. Na parte Conteúdo da Web, você pode limitar o tipo de acesso que a crianças vai ter a sites. Em Apenas Sites Permitidos há algumas opções que você pode selecionar, ou em Adicionar Site, você coloca a URL um título para identificar.

Compartilhamento Familiar

O Compartilhamento Familiar é uma ferramenta oferecida em dispositivos Apple em que uma família de até seis pessoas pode compartilhar fotos, eventos no calendário, compras no iTunes e App Store e etc. As compras podem ser pagas com um mesmo cartão de crédito e, se feitas por crianças, precisam ser autorizadas pelos pais ou responsáveis legais.

Se a criança tem menos de 13 anos, não é problema: o ID Apple, necessário para participar do Compartilhamento Familiar, pode ser feito se o e-mail dos pais ou responsáveis seja colocado como e-mail de recuperação da conta da criança.

No Compartilhamento familiar, as crianças têm acesso aos mesmos recursos que os outros membros, podendo acessar os mesmos apps, livros, músicas, filmes e programas de TV. A diferença é que você pode limitar o conteúdo que as crianças podem acessar nos dispositivos delas e outras permissões, como compras na App Store, por exemplo.

Se você quiser utilizar o Compartilhamento Familiar, primeiro você precisa criar uma ID Apple para a criança (ignore esta etapa caso você já tenha feito):

iPhone, iPad, iPod Touch

1) Acesse Ajustes > [seu nome] > Compartilhamento Familiar > Adicionar Familiar > Criar uma Conta para uma Criança > Seguinte. Se o dispositivo tiver o iOS 10.2 ou anterior, acesse Ajustes > iCloud > Família.

2) Insira a data de nascimento da criança e toque em Seguinte. Confira se você inseriu a data correta.

3) Leia a “Divulgação de privacidade do responsável” e toque em Aceitar.

4) Insira as informações solicitadas da forma de pagamento e toque em Seguinte. Se não tiver uma forma de pagamento registrada, você precisará adicionar uma.

5) Insira o nome da criança, toque em Seguinte, crie o ID Apple dela (nomedeusuario@icloud.com) e toque em Seguinte. Toque em Criar.

6) Siga as instruções na tela para definir uma senha, selecionar as perguntas de segurança e configurar a conta da criança. Escolha senhas e perguntas de segurança que os dois consigam lembrar.

7) Ative o recurso “Pedir para comprar” para aprovar todas as compras iniciadas pela criança no iTunes, Apple Books e App Store. Você será responsável por todas as cobranças na conta. Toque em Seguinte.

8) Leia os Termos e Condições e toque em Aceitar.Como Criar um Grupo Familiar

Ilustração de como utilizar o Compartilhamento Familiar no Mac
Infográfico de como utilizar o Compartilhamento Familiar em iPhone, iPad ou iPod Touch
Ilustração sobre como convidar filhos/filhas pelo Compartilhamento Familiar
Infográfico sobre como utilizar o Compartilhamento Familiar no Mac
Infográfico sobre como convidar filhos/filhas pelo Compartilhamento Familiar
Ilustração sobre como configurar o Compartilhamento Familiar
Infográfico de como configurar o Compartilhamento Familiar

Para convidar outros familiares por celular, computador e etc:

No iPhone (celular), iPad ou iPod touch:

1) Acesse Ajustes > [seu nome] > Compartilhamento Familiar. Se o dispositivo tiver o iOS 10.2 ou anterior, acesse Ajustes > iCloud > Família.

2) Toque em Adicionar Familiar.

3) Insira o nome ou o endereço de e-mail do familiar e siga as instruções na tela.

4) Se estiver usando o iOS 11 ou posterior, decida se você quer enviar um convite pelo Mensagens ou convidar o familiar pessoalmente. Depois, siga as instruções na tela.

No Mac:

1) Selecione o menu Apple () > Preferências do Sistema e clique em iCloud.

2) Clique em Gerenciar Família.

3) Clique em + e siga as instruções na tela.Como gerenciar a conta da criança:

Tempo de uso:

Acesse Ajustes > Tempo de Uso e toque no nome da criança. Se precisar criar um ID Apple para a criança, acesse Ajustes > [seu nome] > Compartilhamento Familiar > Tempo de Uso.

Permissão de compras

– No iPhone, iPad ou iPod touch, acesse Ajustes > [seu nome] > Compartilhamento Familiar e toque no nome da criança. Se o dispositivo tiver o iOS 10.2 ou anterior, acesse Ajustes > iCloud > Família e toque no nome da criança.

– No Mac, acesse o menu Apple > Preferências do Sistema > iCloud > Gerenciar Família e clique no nome da criança.

Se você desativar o recurso Pedir para comprar, a criança conseguirá fazer compras, que serão cobradas em sua forma de pagamento, sem notificação prévia.Caso outra pessoa criou o grupo familiar, convidou você e você quer aceitar ou recusar o convite:

No iPhone, iPad ou iPod touch:

Acesse Ajustes > [seu nome] > Convites. Se o dispositivo tiver o iOS 10.2 ou anterior, acesse Ajustes > iCloud > Convites.

No Mac:

Selecione o menu Apple () > Preferências do Sistema > iCloud > Gerenciar Família.

Siga as instruções na tela para aceitar um convite. Ao entrar em um grupo familiar, você talvez precise confirmar as informações da conta e escolher utilizar os recursos ou serviços configurados pelo grupo.

Para informações mais detalhadas sobre o Compartilhamento Familiar, acesse o suporte da Apple.